sábado, 23 de abril de 2011

Cirurgia Plástica da Intimidade Feminina.

Dentre as várias cirurgias plásticas estéticas existententes, está a Cirurgia Plástica Íntima, que é um conjunto de cirurgias utilizadas para restaurar a estética e também a parte funcional dos genitais femininos.

Cirurgias Plásticas Estéticas Íntimas. Aumentam a auto-estima
by Roberto M.
Vimos em outro artigo, que para melhorar a qualidade de vida e a auto-estima das pessoas, existem várias cirurgias plásticas que podem ser feitas sem a necessidade puramente clínica, ou seja, podem ser feitas eletivamente visando simplesmente a estética. 
São as chamadas Cirurgias Plásticas Estéticas.
Dentre as várias cirurgias estéticas lá citadas, está a Cirurgia Plástica Íntima, que é um conjunto de cirurgias utilizadas para restaurar a estética e também a parte funcional dos genitais femininos. 

Esse tipo de cirurgia foi inventado na França pelo cirurgião plástico Jean Pierre Fournier no início dos anos 90.

São vários os problemas que podem ser corrigidos através de cirurgias bastante simples.

1-) Região Pubiana alta devido ao excesso de gordura.
A correção é feita com uma pequena lipoaspiração, com anestesia local. A cirurgia dura cerca de 40 minutos e a paciente recebe alta logo apos o procedimento. O retorno às atividades normais geralmente se dá em até 48h apos a cirurgia.

2-) Perda de Pêlos Púbicos. 
É comum em mulheres idosas e às vezes após cesarianas. Tem um aspecto antiestético considerável. A correção é feita com implante de cabelos da própria paciente, restaurando a área pilosa.

3-) Hipertrofia dos Lábios Vaginais (lábios muito grandes).
É uma má formação congênita que pode impedir a mulher de usar calças de lycra, biquínis apertados, bermudas justas e até atrapalhar nas relações amorosas. A correção é feita através de uma pequena cirurgia (labioplastia), com anestesia local, que não deixa cicatriz aparente, sem perda da sensibilidade e sem qualquer risco. São dados pontos na região, que caem sozinhos após cerca de 20 dias.

4-) Alargamento do entróito (entrada) Vaginal.
É um problema que aparece mais frequentemente nas mulheres que tiveram parto normal. É um desvio provocado pela episiotomia (uma cirurgia feita para facilitar a passagem da criança no parto normal). A correção é feita através da retirada de mucosa e fechamento do músculo. É feita com anestesia local e a volta às atividades se dá em 48 horas.

5-) Murchamento dos Lábios: é um problema comum nas idosas, causando aspecto antiestético. A correção se dá através do enxerto de gordura da própria paciente restaurando o volume dos lábios vaginais e a recuperação anatômica da região. Utiliza-se anestesia local, dura cerca de 30 minutos, não é necessária internação hospitalar e a paciente é liberada imediatamente. A recuperação nesse tipo de cirurgia dura em média sete dias.

6-) Escurecimento da mucosa: Se dá comumente após a gestação devido ao excesso de hormônios que escurecem as mucosas dos lábios vaginais. A correção é feita com uma pequena retirada da mucosa na região escurecida. É feita com anestesia local, dura em media 30 minutos e o paciente recebe alta logo apos a cirurgia, com volta às atividades normais imediatamente.

Normalmente, as cirurgias plásticas íntimas são realizadas com anestesia local e duram entre 30 e 45 minutos; dispensam internação, os pontos caem sozinhos e permitem o retorno ao relacionamento íntimo em aproximadamente 30 dias.

É sempre bom lembrar, que qualquer tipo de cirurgia plástica, sempre deve ser executada por profissionais médicos habilitados e em centros cirúrgicos  bem aparelhados, seguros e com alto padrão de qualidade.

Arquivos Recomendados:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...