sexta-feira, 6 de maio de 2011

Forma Farmacêutica e Via de Administração de um Medicamento.

Formas farmacêuticas são as diversas formas físicas que os medicamentos apresentam. Comprimidos, cápsulas, xaropes, soluções, supositórios, óvulos ginecológicos, pomadas são algumas dessas formas. Via de administração é o modo como o medicamento entra no organismo: oral, parenteral, retal.

Forma Farmacêutica e Via de Administração de um medicamento
by Telma M.
O que é forma farmacêutica? O que significa via de administração?
Formas farmacêuticas são as diversas formas físicas que os medicamentos apresentam.
Comprimidos, cápsulas, xaropes, soluções, supositórios, óvulos ginecológicos, pomadas são algumas dessas formas. Entre as várias razões técnicas para a existência das diferentes formas farmacêuticas, pode-se citar a facilidade para administrar o medicamento.

Você já ouviu alguém dizer que não consegue engolir comprimidos? As cápsulas e líquidos facilitam a vida dessas pessoas. E as pessoas que não conseguem engolir nem comprimidos e nem líquidos? Para isso existem injetáveis.
Mas não é só esse o motivo.

As diferentes formas farmacêuticas podem garantir a precisão das doses, podem proteger a substância durante o percurso através do organismo, podem garantir a presença no local de ação ou servem para facilitar a ingestão.

Como exemplos podemos citar as cápsulas gastro resistentes (que não se dissolvem no estômago, passam direto e vão ser absorvidas no intestino) ou os medicamentos extremamente amargos, que são colocados em cápsulas para que o paciente não sinta o sabor. Há situações em que o paciente não consegue engolir comprimidos grandes, então usa-se gotas. Crianças e idosos são os que mais enfrentam esse drama.

Já, via de administração é o modo como o medicamento entra no organismo, é a porta por onde ele entra para o nosso corpo.
Assim como as formas farmacêuticas, também há várias “vias de administração”.
A boca é uma delas, chamamos de via oral.
Se for um supositório chamamos de via retal, pois a entrada é através do ânus, que é a parte final do reto, última porção do intestino grosso.
Parenteral é a “via de administração” de medicamentos injetáveis.

Se o medicamento for um creme ou pomada ele entrará no organismo através da pele, “via de administração” dermatológica.
E se o medicamento for um colírio? Então a “via de administração” é oftálmica.
Se o medicamento for para descongestionar o nariz, então a “via de administração” é a nasal.
Embaixo da lingual é via sublingual.

Claro que cada uma dessas “vias de administração” apresenta vantagens e desvantagens.
Um injetável, por exemplo, é doloroso, ainda mais se for aplicado por uma pessoa de mão pesada, mas tem um efeito bastante rápido. Às vezes é preciso rapidez...

Disque ANVISA: 0800 642 9782
Disque Intoxicação: 0800 722 6001
Bibliografia: Cartilha “O que devemos saber sobre medicamentos”. - Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

  1. Esse Contaúdo é ótimo para preparar aulas, está muito claro e explicativo, e possui bibliografia confiável! Obrigada

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...