quinta-feira, 2 de junho de 2011

Qual o comportamento das Crianças de 2 anos de idade.

O termo desenvolvimento quer dizer evolução, progresso, movimento, mudança, crescimento.
by Roberto M.
A criança está sempre em constante transformação.
No seu desenvolvimento, ela tem uma sequência previsível e regular de crescimento físico, mental, intelectual e social.

Quais as coisas que uma criança de dois anos de idade sabe fazer? O que é normal para uma criança de 24 meses?
Seguindo o mesmo esquema, vamos mostrar aqui as características mais comuns para a idade de dois anos.

Um ou outro aspecto, com evolução um pouco mais lenta ou um pouco mais acelerada, é perfeitamente normal, e isto vai depender do dia a dia de cada criança, dos estímulos recebidos e das atividades praticadas.
É importante que o pediatra acompanhe o desenvolvimento da criança, para que não haja surpresas no futuro. 


Características Psicomotoras

1) Período de mecanização da marcha;
2) Fica de joelhos e ao levantar não precisa de ajuda para andar;
3) Nas escadas, sobe e desce sozinha, um degrau de cada vez, apoiando-se no corrimão e muitas vezes colocando os dois pés em cada novo degrau;
4) Quando desce uma escada, salta do último degrau, lançando um pé de cada vez;
5) Sobe numa cadeira para alcançar algum objeto;
6) Anda de velocípede com alguma dificuldade (em círculo);
7) Corre bem e não cai (estática já firmada necessita do deslocamento rápido);
8) Chuta uma bola;
9) Imitando alguém, aproxima o polegar e o dedo mínimo;
10) Opõe polegar e o mínimo;
11) Apresenta preensão do tipo pinça inferior;
12) Preensão do lápis é bastante variável;
13) Constrói uma torre com 6 ou 7 cubos (agora com o soltar mais perfeito, menos brusco);
14) Inicia construções com cubos no plano horizontal;
15) Gira um trinco;
16) É capaz de usar a tesoura;
17) Consegue enfiar contas numa agulha, usando as duas mãos;
18) Folheia livros ou revistas, folha por folha;
19) Vai em busca de objetos perdidos;
20) Tem um sentido de tempo dado conforme a sucessão de acontecimentos pessoais e já começa a ter noção de futuro (ex.: "já vou").


Características Intelectuais

1) Já consegue formar frases com três ou quatro palavras;
2) Emprega substantivos e verbos;
3) Usa e responde "O que é isto?"; "Onde está?"; "Quem é?";
4) Nomeia figuras;
5) Identifica alguns objetos pelo uso;
6) Gosta de ouvir várias vezes a mesma história;
7) Compreende ordens duplas (ex.: "Pegue a colher e sente-se");
8) Percebe a diferença entre "dentro" e "embaixo"; usando o próprio corpo ou colocando um objeto "dentro" ou "embaixo" de outro;
9) Já entende os conceitos: sobre, fora, ali, onde, aqui, dar, volta, outro lado, cair;
10) Não tem ainda noção de passado, emprega verbos no tempo pretérito incorretamente;
11) Consegue memorizar fatos habituais com duração superior a 15 minutos;
12) É capaz de apontar quatro ou cinco partes do corpo em um boneco ou em outra pessoa;
13) Usa um vocabulário de 200 a 300 palavras;
14) Demonstra capacidade de associação juntando objetos por espécie. Ex: associa bota e sapato;
15) Percebe a falta de coisas ou pessoas num grupo;
16) Quando manuseia objetos, consegue diferenciar duas ou três formas diferentes;
17) Diferencia o preto do branco (demonstra preferência por uma das cores em várias situações);
18) Após algumas tentativas, consegue adaptar um encaixe (2 ou 3 peças no quadro de formas geométricas);
19) Risca traços verticais e horizontais, imitando o professor. Imita rabiscos em V e rabiscos circulares;
20) Distingue verbalmente funções urinárias e intestinais.


Características Sociais

1) Refere-se a si mesmo pelo nome;
2) Predominância do jogo paralelo (cada criança brinca sozinha, embora com os mesmos brinquedos;
3) Começa a comunicar o que fez ou que viu ocorrer e também expressa desejos (alimentação e higiene).


Características do Dia a Dia

1) Pede para ir ao banheiro e controla a urina durante a noite;
2) Imita pentear os cabelos, veste roupas simples, abre e fecha o zíper da jaqueta;
3) Não dá muitas voltas para introduzir a colher na boca, segura a colher com o polegar e os radiais, distrai-se remexendo na comida, leva a colher à boca sem derramar, mastiga bem os alimentos sólidos, bebe no copo e coloca-o sobre a mesa sem derramar.
Bibliografia: 1) Saúde da criança: acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil / Brasília: Ministério da Saúde-2002
                     1) A criança em desenvolvimento – Helen Bee - Ed Artes Médicas – 9ª ed.- 2003
 
Artigos Recomendados:

4 comentários:

  1. Parabéns. Esse artigo vou imprimir, marcar +1 e publicar no facebook.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post, sou professora de educação infantil e dou aula para essa faixa etária e é exatamente isso que minhas crianças demonstram.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Jacques Almeida
    Sou pedagogo, e tenho uma escola de Educação Infantil o comportamento e as características citadas acima no artigo demonstram o que realmente as crianças da minha escola são.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. parabéns,muito interessante,demostra bastante as acões do meu fillho

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...