sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Soros e vacinas. Qual a diferença.

O soro cura; a vacina previne.O soro já contém os anticorpos necessários para combater uma determinada doença; a vacina contém agentes infecciosos que não provocam a doença mas são capazes de induzir o sistema imunológico a produzir anticorpos e evitar a contração dessa doença.

O soro é curativo, a vacina é preventiva
by Roberto M.
O que são vacinas? O que são soros? Qual é a diferença entre soro e vacina?
Soros e vacinas são produtos biológicos, usados tanto na prevenção quanto no tratamento de doenças.
Por atuarem no sistema imunológico das pessoas, esse tipo de medicamento recebe o nome de imunobiológico.
A diferença entre soro e vacina é basicamente a seguinte:

O soro já contém os anticorpos necessários para combater uma determinada doença ou intoxicação; a vacina contém agentes infecciosos que não provocam a doença (a vacina é inócua), mas são capazes de induzir o sistema imunológico do indivíduo a produzir anticorpos e evitar a contração dessa doença.
Dessa maneira podemos dizer: o soro cura; a vacina previne.

Utiliza-se o soro nos tratamentos de intoxicações provocadas pelo veneno de animais peçonhentos (aranhas, cobras, escorpiões, taturanas) ou pelas toxinas de agentes infecciosos, como os que causam a difteria, o tétano e o botulismo. Os anticorpos existentes no soro combatem a doença ou intoxicação e acabam curando.

Já as vacinas contém agentes infecciosos inócuos, que induzem o organismo da pessoa vacinada a produzir os seus próprios anticorpos antecipadamente, evitando assim, a contração de uma determinada doença. Isso acontece, devido a um mecanismo orgânico chamado “memória celular”.

As vacinas e os soros também diferem no processo de produção, veja como isso ocorre no artigo Como são produzidos Soros e Vacinas no Instituto Butantan

Para saber quais são as vacinas e os soros produzidos e também para que serve cada um deles, consulte o artigo "Saiba quais são as vacinas e os soros produzidos pelo Instituto Butantan"
Bibliografia:Instituto Butantan – Série Didática – Número 2 – Divisão de Desenvolvimento Cultural.

Artigos Recomendados:

11 comentários:

  1. uma pessoa picada por uma cobra peçonhenta deve tomar soro, certo. mas por que?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sr. Anônimo,
      O soro já contém os anticorpos necessários para combater o veneno da cobra. Esses anticorpos já estão prontos para entrar em confronto com o veneno e anulá-lo de imediato.
      Sem esse combate imediato, o veneno atacaria o organismo e poderia até matar a pessoa. O organismo não teria tempo de produzir os anticorpos necessários para esse combate.

      No caso da vacina, ela tem um agente que não provoca doença nenhuma, mas que faz o organismo pensar que iria provocar a doença. Daí, o organismo começa a produzir anticorpos para combater essa falsa doença e fica com esses anticorpos formados. No caso de um ataque dos verdadeiros causadores da doença, o organismo já tem os anticorpos formados, eles combaterão e anularão os causadores da doença e o sujeito não ficará doente.

      Excluir
    2. porqu soro serve para salvar uma vida?

      Excluir
    3. Olá anônimo,
      Exatamente porque, com os anticorpos que o soro tem, ele combate
      as toxinas do veneno e as anula. Portanto, o veneno anulado pelo soro não conseguirá fazer mal para o organismo.

      Excluir
  2. Como faço para tomar soro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá sr. anônimo,

      O soro é utilizado nos tratamentos de intoxicações provocadas pelo veneno de animais peçonhentos (aranhas, cobras, escorpiões, taturanas) ou pelas toxinas de agentes infecciosos, como os que causam a difteria, o tétano e o botulismo. Os anticorpos existentes no soro combatem a doença ou intoxicação e acabam curando.
      Para tomar esse tipo de soro é necessário recorrer a um hospital ou pronto socorro.

      Excluir
    2. e as vacinas?em que ajudam para a nossa saude?

      Excluir
    3. Olá anonimo,
      As vacinas formam anticorpos, contra determinada doença, no no nosso organismo. Se, por acaso, algum microorganismo causador da doença que fomos vacinados entrar no nosso corpo, ele não conseguirá fazer com que fiquemos doentes, pois os anticorpos já formados contra ele irão neutralizá-lo.

      Excluir
  3. isso me ajudou numa pesquisa da escola foi perfeito!!! thanks

    ResponderExcluir
  4. Por que o soro não cria imunidade permanente como as vacinas?

    ResponderExcluir
  5. Olá anônimo,

    O nosso organismo produz anticorpos contra os corpos estranhos que nos atacam.

    Vou fazer uma analogia.
    Imagine que os anticorpos sejam soldadinhos que irão combater determinado problema.

    Quando tomamos a vacina, o nosso organismo aprende a produzir soldadinhos contra determinado mal. Assim, sempre que esse mal tentar nos atacar, o organismo já produziu os soldadinhos e a doença será debelada.

    Quando tomamos o soro, são os próprios soldadinhos que entram no nosso organismo para combater os males. Eles combatem e vencem a doença.
    O nosso organismo não aprende a produzir soldadinhos para a doença, pois os soldadinhos já entraram prontos.

    O máximo que pode acontecer é o organismo entender que os soldadinhos são corpos estranhos nos atacando e fabricarmos anticorpos para combater os próprios soldadinhos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...