quinta-feira, 12 de abril de 2012

Hemácias: transportando oxigênio para as células.

Hemácia ou Eritrócito ou Glóbulo Vermelho. Formada pela hemoglobina que é a transportadora de oxigênio para as células do corpo.

Hemácias ou Eritrócitos ou Glóbulos Vermelhos. Realizam o transporte de oxigênio através do sistema circulatório
by Roberto M. 
O que são hemácias? Para que servem os glóbulos vermelhos? O que é eritrócito? O que é hemoglobina? E bilirrubina? 
No artigo “O Sangue. Líquido fundamental para a nossa existência. ” vimos as funções do sangue (para que ele serve) e também os seus elementos (do que ele é formado).  Um dos elementos que formam o sangue é a hemácia.
Vamos falar um pouco sobre ela.


As hemácias, também chamadas de glóbulos vermelhos ou eritrócitos, são as células encontradas em maior quantidade no sangue. São elas que conferem a cor vermelha ao sangue, pois são formadas, basicamente, pela proteína hemoglobina, um pigmento vermelho responsável pelo transporte de oxigênio pelo sistema circulatório. 

De um modo simplista esse transporte ocorre da seguinte maneira: nos pulmões a hemoglobina combina-se com o oxigênio, transformando-se em oxiemoglobina. Nos tecidos ocorre o inverso, o oxigênio é liberado para as células e a oxiemoglobina volta a se transformar em hemoglobina. 
A hemoglobina transporta apenas uma pequena quantidade de gás carbônico, a maior parte desse gás é levada pelo plasma. 

As hemácias, portanto, pegam o oxigênio nos pulmões e o levam até as células. 
As hemácias são achatadas, medem cerca de 7 micrômetros de diâmetro e 2 micrômetros de espessura. Têm a forma de pequenos discos, com uma concavidade em cada lado. 
A forma em disco bicôncavo dos eritrócitos permite uma boa superfície de contato com o oxigênio. Desse modo, as moléculas de hemoglobina ficam próximas à superfície. 

Se o eritrócito fosse esférico, por exemplo, muitas moléculas de hemoglobina ficariam distantes da superfície e deixariam de capturar oxigênio, pois a hemácia passa pelos capilares dos pulmões em pouco mais de um segundo e esse é o tempo que ela tem para “capturar” o oxigênio a ser transportado para todas as partes do corpo. 
As hemácias são produzidas na medula dos ossos longos (costelas, vértebras e alguns outros), de onde são lançadas para o sangue. Em condições normais, a medula produz cerca de 2 milhões de eritrócitos por segundo. 

As hemácias vivem em nosso organismo por cerca de 120 dias. Depois disso, já desgastadas, são destruídas no fígado e no baço. 
Parte da hemoglobina destruída é transformada em uma substância amarela, chamada bilirrubina, que é lançada no intestino e eliminada com as fezes. 

Alguns problemas no fígado ou na vesícula biliar podem levar ao acúmulo de bilirrubina em certos tecidos, como a pele, que fica amarelada: é a icterícia. 
Quando uma pessoa apresenta deficiência de glóbulos vermelhos ou uma menor quantidade de hemoglobina em cada glóbulo, há uma diminuição na quantidade de oxigênio que vai para os tecidos. Está caracterizada a anemia

Artigos Recomendados:

4 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...