segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Os malefícios do fumo. Como o tabaco agride o organismo.

O fumo ou tabaco, através da nicotina, do alcatrão e de outros elementos nocivos, provoca grandes estragos no organismo. O vício de fumar cigarros é maléfico para a saúde.

O cigarro provoca muitos malefícios no organismo.
by Roberto M.
Também chamado tabaco, o fumo é uma planta originária do Novo Mundo, cujas folhas são preparadas de diversos modos, para serem fumadas, cheiradas ou mascadas. Veja o artigo “A História do Fumo ou Tabaco. Do ritual indígena ao maléfico cancerígeno.”.
São inúmeros os componentes que, ou estão no fumo ou derivam de sua queima. Dentre eles podemos citar: nicotina, alcatrão, colidina, monóxido de carbono, ácido cianídrico, fenol, arsênico, sais amoniacais, dióxido de carbono, hidrocarbonetos cancerígenos.

A nicotina, um alcaloide, é a responsável pela formação do hábito de consumo, ou seja, é ela que vicia o consumidor.
A ação da nicotina é, particularmente, exercida sobre o sistema parassimpático e simpático. Pela liberação da adrenalina, influi na diminuição do consumo do oxigênio e, além de prejudicar o organismo em geral, vai diretamente à circulação, ao cérebro e ao coração.

MALEFÍCIOS DO FUMO

O tabaco exerce efeito nocivo, principalmente sobre os aparelhos respiratório, circulatório e digestivo, bem como sobre o sistema nervoso.
O fumo é o maior responsável pelas faringites, bronquites, falta de apetite, tremores, perturbações da visão, diversos tipos de câncer, sobretudo do pulmão e doenças cardiovasculares como angina do peito e o enfarte do miocárdio.

A fumaça do cigarro provoca, na mucosa brônquica, lesões do epitélio cilíndrico ciliado, das células secretoras de muco, alterações de funcionamento, etc. São inegáveis as relações entre o tabagismo e o câncer brônquico.
Além do câncer de pulmão, o fumo produz também, a bronquite crônica, enfisema pulmonar, coronariopatias, úlceras no estômago e no duodeno, câncer na língua, na faringe, no estômago e na bexiga.

POR QUE SE COMEÇA A FUMAR?

O cigarro sempre esteve associado ao sucesso, aos carros de luxo, aos garotos “saradões”, às garotas bonitas. Uma propaganda enganosa que deixa de dizer que o cigarro é uma armadilha, uma arma que o tempo acionará o gatilho.
Para o adolescente existe uma ligação entre o cigarro e a autoafirmação. Ele acha que, fumando, terá um comportamento mais adulto; será mais “maduro” perante seus amigos e colegas. Quanta hipocrisia! É inexplicável que, com o nível de informações existentes hoje, alguém comece a fumar.

Do primeiro cigarro ao vício é um “pulinho”.
Apesar dos engasgos com a fumaça no início, depois, o cigarro acalma, é agradável e faz o indivíduo sentir-se bem.
A nicotina age sobre o sistema nervoso central, liberando alguns neurotransmissores, como adrenalina, acetilcolina e dopamina, sendo esta associada ao prazer.

Entretanto, podemos dizer que é um falso prazer. Os malefícios citados anteriormente, certamente transformarão esse pretenso bem-estar em um futuro sofrimento.

O pior de tudo isso é que o fumante não prejudica somente a si próprio. A fumaça que ele exala, além de torná-lo inconveniente e às vezes insuportável, prejudica pessoas inocentes que irão fumar por “tabela”.
Imagem: FreeDigitalPhotos.net / cortesia de Bill Longshaw

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...