sábado, 22 de setembro de 2012

Drogas: tipos e classificação. Conheça alguns efeitos.

Tipos, efeitos e classificação das drogas. Alucinógenas, depressoras e estimulantes. Ilustração bem-humorada dos efeitos das drogas.

Classificação, tipos e efeitos das drogas.
by Roberto M.
O que é droga? Quais são os tipos de drogas? 
O que as drogas podem fazer no organismo? Quais os principais efeitos das drogas?

Em um conceito geral, droga é qualquer substância (natural ou sintética) que, quando introduzida no organismo vivo, pode modificar uma, ou mais de suas funções.


Quando pensamos na área médica, elas se referem àquelas substâncias que, potencialmente, têm a capacidade de prevenir ou curar doenças ou melhorar o bem-estar físico e mental dos indivíduos que a s consomem.

Farmacologicamente falando, as drogas referem-se aos agentes químicos que alteram os processos bioquímicos e fisiológicos das células dos organismos.

Entretanto, se formos observar o sentido atual e considerando o contexto legal, o termo “droga” está ligado às substâncias que alteram o estado de consciência do indivíduo e provocam, eventualmente, dependência. São as chamadas substâncias psicoativas, que podem ter seu uso regulado por lei ou serem ilícitas, quando produzidas e comercializadas sem controle dos orgãos sanitários ou se consumidas sem prescrição médica.

Utilizando esse último sentido, vamos classificar os vários tipos de drogas.

1) DROGAS QUE PRODUZEM DISTORSÕES NA PERCEPÇÃO.

São chamadas substâncias alucinógenas e provocam distúrbios no funcionamento do cérebro, fazendo que ele passe a funcionar de forma desordenada ou imprevisível, numa espécie de delírio.
Nesse grupo encontramos: LSD (ácido lisérgico), Psilocibina, Mescalina, Ecstasy (MDMA = metileno-dioxi-met-anfetamina), haxixe (maconha).

2) DROGAS QUE DIMINUEM A ATIVIDADE MENTAL.

São chamadas de substância depressoras. Afetam o cérebro, fazendo com que funcione de forma mais lenta. Essas drogas diminuem a atenção, a concentração, a tensão emocional e a capacidade intelectual.
Nesse grupo encontramos: Ansiolíticos ou tranquilizantes (Valiun, Lexotam, Diapezam), Álcool etílico (bebidas alcoólicas), Inalantes ou solventes (cola de sapateiro, esmalte, benzina, éter, acetona), narcóticos (Heroína, morfina, codeína, ópio).

3) DROGAS QUE AGRAVAM A ATIVIDADE MENTAL.

São chamadas de substâncias estimulantes. Afetam o cérebro, fazendo com que funcione de forma sobrecarregada de estímulos.
Nesse grupo encontramos: anfetaminas (bolinha, rebite), Cocaína (crack, oxi), tabaco (cigarro, fumo).

ILUSTRANDO, COM HUMOR, OS EFEITOS DAS DROGAS

Consumir qualquer tipo de droga, indevidamente, é prejudicial ao indivíduo e à sociedade.
Encontrei por acaso um vídeo, que ilustra, de forma bem humorada, os efeitos de algumas drogas no organismo humano.
Vejam a situação em que fica um motorista de automóvel após consumir certos tipos de drogas.
São dez seqüências, muito interessantes e divertidas, que mostram os efeitos de 10 drogas conhecidas que nunca devem ser consumidas, principalmente quando se dirige:

1ª) De início é mostrado os efeitos da heroína;
2ª) Na segunda seqüência estão as reações do usuário de haxixe;
3ª) Em seguida vem a alucinação do LSD;
4ª) A quarta seqüência mostra os problemas da cocaína;
5ª) Depois vem a conseqüência do álcool;
6ª) No número 6 podemos vero efeito do Valium;
7ª) No 7, é a euforia do ecstasy ou êxtase;
8ª) A sequência 8 mostra a problemática inalação de colas e solventes;
9ª) Na 9 vemos como agiria um consumidor de absinto;
10ª) Por último, é mostrado como poderia ficar uma pessoa que usasse todas as drogas anteriores ao mesmo tempo.

Veja o vídeo:




Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...