sábado, 29 de setembro de 2012

Meningite. Infecção que se instala nas membranas que envolvem o cérebro.

Meningite é um processo infeccioso ou inflamatório que se instala nas meninges, quando uma bactéria ou um vírus, por alguma razão, consegue vencer as defesas do organismo.

Meningite, infecção viral ou bacteriana das meninges.
by Roberto M.
O que é a meningite? Como se pega meningite? Só criança contrai meningite? Meningite tem cura?
Meningite é um processo inflamatório que se dá nas meninges (membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal).
A meningite pode acometer pessoas de qualquer idade, mas as crianças, especialmente na primeira infância, são as principais vítimas.

Não é uma doença sazonal, podendo acontecer em qualquer época do ano, mas os surtos e epidemias são mais frequentes no inverno.

CAUSAS

Existem diversas formas e agentes infecciosos que podem causar meningite. Bactérias, vírus, parasitas e fungos estão entre eles.
Os quadros desencadeados por vírus e bactérias, por poderem causar epidemias, são os mais preocupantes no ponto de vista da Saúde Pública.

As meningites bacterianas são altamente contagiosas e podem gerar quadros gravíssimos; por isso, são as mais perigosas. Entretanto, qualquer que seja o tipo de meningite diagnosticada, ou até mesmo uma suspeita de meningite, deverá ser informada ao Centro de Vigilância Sanitária Estadual, pelo profissional de saúde que a reconheceu.

Isto porque todos os tipos de meningite são considerados de notificação compulsória no Brasil. O governo utiliza esses dados para identificar precocemente uma possível epidemia. A rapidez no tratamento evita a disseminação da doença na comunidade.
Geralmente, a transmissão da doença acontece por vias respiratórias, através das secreções do nariz e garganta.

SINTOMAS E DIAGNÓSTICO

Os principais sintomas apresentados pelos portadores da doença são: dor de cabeça intensa e contínua, náuseas, vômito, febres repentinas e muito altas, rigidez na nuca e manchas vermelhas na pele.

Nas crianças menores de um ano de idade, os sintomas podem não se evidenciar tão claramente, mas existem alguns sinais que servem de alerta: choro agudo e persistente, rigidez corporal e moleira tensa ou elevada.
Às vezes, as meningites podem ser confundidas com outros tipos de infecções viróticas ou bacterianas, por isso, é sempre importante procurar atendimento médico.

O profissional de saúde, através de uma avaliação clínica do paciente,  diagnosticará a doença, que será confirmada por meio do exame do liquor (líquido retirado da espinha).
Esse líquido, coletado através de uma punção feita pelo médico, ajudará na identificação do tipo de agente infeccioso responsável pelos sintomas.

TRATAMENTO E PREVENÇÃO

O diagnóstico precoce da doença é muito importante, pois o tratamento vai depender do agente causador.
No caso das meningites bacterianas, o tratamento é feito com antibióticos injetáveis e deve ser iniciado imediatamente à suspeita da doença. Existem meningites causadas por bactérias que são extremamente agressivas e podem causar lesões neurológicas irreversíveis.

As meningites virais normalmente são mais brandas e, como em outros tipos de afecções virais, não há tratamento específico para elas. Geralmente, o médico receita medicamentos para aliviar os sintomas, como analgésicos e antitérmicos.
Alguns tipos de meningite são prevenidos através de vacinas que estão disponíveis no calendário básico de vacinação.

Para diminuir o contágio e evitar a propagação da doença, é muito importante que os ambientes sejam mantidos ventilados e arejados, além de se evitar aglomerações, principalmente no inverno.
Bibliografia: Robbins and Cotran – Patologia, bases patológicas das doenças – 8ª Edição – Editora Saunders/Elsevier.
Imagem:courtesy of digitalart at FreeDigitalPhotos.net

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...