sábado, 20 de outubro de 2012

Cardíacos desconhecem que há gorduras que fazem bem ao coração.

Estudo do Hospital Dante Pazzanese revela que maioria dos pacientes desconhecem gorduras que fazem bem para a saúde e não têm o hábito de ler os rótulos das embalagens dos alimentos.

Gorduras insaturadas são indicadas para a boa saúde do coração.
by Roberto M.
Que tipo de gordura faz mal à saúde? Existe gordura que faz bem à saúde?
Maionese e ketchup são ruins para a saúde do coração? E manteiga?
O hospital estadual Dante Pazzanese, um dos principais hospitais da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo e referência em cardiologia, fez um estudo interessante com seus pacientes cardíacos.


Esse estudo, onde foram pesquisados 600 pacientes em tratamento na instituição, revelou que a maioria deles não conhece os tipos de gordura que fazem bem à saúde.

A maioria dos entrevistados (81,5%) conhece muito bem as duas gorduras mais famosas que fazem mal à saúde, a gordura trans e a gordura saturada, e as consideram ruins.
Entretanto, 55% dos pacientes não sabem que a gordura insaturada é uma das gorduras que fazem bem e é indicada para a boa saúde do coração.

Outro equívoco muito comum é em relação aos alimentos fontes de gordura.
Os entrevistados apontaram corretamente a bolacha recheada e a manteiga como alimentos menos saudáveis, mas a maioria considerou, também, a maionese como um alimento rico em colesterol e gorduras ruins e isso não é verdade.

Veja a explicação de Daniel Magnoni, médico da Divisão de Nutrição Clínica do Dante Pazzanese e coordenador da pesquisa:
A maionese possui um perfil nutricional bom porque é fonte de gorduras poli-insaturadas, não contém gordura trans e oferece baixo teor de colesterol”.

Outro alimento famoso, que além da maionese foi apontado erroneamente como vilão foi o Ketchup:
- 65% dos pesquisados apontaram-no como fonte de colesterol e;
- 60% acreditavam que o Ketchup tivesse excesso de gordura.
O Ketchup é produzido a partir de tomates e não possui gorduras.

O estudo revelou ainda que 67% dos pacientes em tratamento na instituição, e que fizeram parte da pesquisa (600 pessoas), não têm o hábito de ler os rótulos das embalagens dos alimentos.

Para concluir veja o que ressalta o Dr. Daniel Magnoni sobre a pesquisa:
"Através dessa pesquisa, foi possível perceber que a maioria dos pacientes que precisam de uma alimentação adequada porque tratam problemas de saúde, como pressão alta, diabetes, obesidade e colesterol elevado, não sabe quais são os tipos de gorduras mais saudáveis nem os alimentos que possuem um perfil nutricional mais adequado”.

Artigos Recomendados:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...