quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Obesidade: para domá-la tem de haver consciência e força de vontade.

A obesidade pode ser genética ou adquirida devido a hábitos alimentares, a falta de atividades físicas ou a alguma doença. A obesidade não é apenas um problema de estética, tornou-se uma enfermidade, por causa do acúmulo de gordura prejudicial à saúde.

Obesidade.
by Telma M.
A obesidade não é apenas um problema de estética, tornou-se uma enfermidade e caracteriza-se pelo acúmulo excessivo de gordura no organismo com prejuízos à saúde. 
Pode ser herdada, ou adquirida dentro do grupo social do indivíduo devido a hábitos alimentares, falta de atividades físicas, outras doenças. 
Há diversas formas de se medir a obesidade.


Um método muito utilizado atualmente, tem sido o IMC, ou Índice de Massa Corporal. Não é difícil fazer o cálculo do IMC.
Um IMC entre 20 e 25 pode ser considerado ideal. Abaixo desse valor o indivíduo é considerado muito magro, acima desse valor é considerado obeso e um valor  acima de 40 já é considerado Obesidade Mórbida.

Para calcular o IMC é preciso dividir o peso do paciente (em Kg) pela sua altura (em metro) elevada ao quadrado. Relembre o que é obesidade e como interpretar os valores do IMC no artigo “Obesidade e Índice de Massa Corpóreo.
Para tratar a obesidade é necessário fazer mudanças dos hábitos alimentares, atividades físicas e uso de medicação em alguns casos, mas, acima de tudo é preciso força de vontade.

Só o próprio indivíduo será capaz de se motivar.
Para começar, é necessário controlar a gula  para evitar problemas coma a balança. Quem quiser emagrecer, tem que avaliar o tamanho da sua fome.
Não podemos nos esquecer, para emagrecer, cuidar da alimentação é primordial. A alimentação tem que ser equilibrada e variada, seguindo o conceito da Pirâmide de Alimentos.
Mas não é só fechar a boca, a atividade física não pode faltar, pois, exercícios físicos e emagrecimento têm tudo a ver.

Se houver a necessidade do uso de medicamentos, é imprescindível que haja o acompanhamento médico. Esse tipo de remédio pode provocar efeitos colaterais terríveis ao organismo. Somente um profissional da saúde saberá avaliar o “custo x benefício” do tratamento. Nunca tomar medicamentos sem o conhecimento do médico.

Artigos Recomendados:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...