sábado, 2 de março de 2013

Na direção, reflexo do idoso diminui, mas cuidado aumenta.

Pesquisa do Hospital das Clínicas da FMUSP mostra que motoristas a partir dos 60 anos de idade são expressivamente mais lentos para a frenagem de um carro, em relação a adultos jovens. Tempo de reação de idoso na direção é 40% maior.

Motorista idoso tem reflexo, ao volante, diminuido em relação aos jovens.
by Roberto M.
Uma pesquisa realizada pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, que comparou motoristas a partir dos 60 anos de idade com um grupo de controle de motoristas adultos jovens, revelou que o tempo de reação dos mais idosos, na direção, é cerca de 40% maior que a dos mais jovens.
Para o estudo, foram realizados testes num simulador e foram medidos os tempos de reação para que uma pessoa brecasse o veículo.

O teste mostrou que a média do tempo de reação a partir da placa “Pare” até o momento da frenagem foi de 1,34 segundo para os idosos e de 0,96 segundo para o grupo dos mais jovens.
Isso indica que os motoristas mais velhos são expressivamente mais lentos na frenagem quando comparados aos adultos jovens. O tempo de reação dos idosos é 39,6% maior.

Entretanto, na medição do tempo para realizar o percurso, a diferença do tempo gasto entre os idosos e o grupo de controle de adultos jovens foi de 7%. 
Não foi uma diferença muito significativa, mas demonstra que, com o passar dos anos, as pessoas tendem a ficar mais cuidadosas e a dirigirem de forma mais devagar. Além disso, conforme diz a médica orientadora da pesquisa, “Com a demora na reação diante de uma situação que exija uma frenagem mais rápida, é recomendado que o idoso dirija mais cautelosamente”.

PERFIL DOS IDOSOS PESQUISADOS

A idade média dos motoristas idosos avaliados foi de 74,3 anos para os homens e 69,4 anos para as mulheres.
Os do sexo masculino dirigem em média há 48,5 anos e as do sexo feminino há 40,6 anos.
Os veículos das mulheres têm em torno de 5,7 anos e os dos homens 10,7 anos.
Todos os avaliados dirigem seus carros em dias de chuva, vias congestionadas e nos horários de rush. A maioria dos pesquisados (73% das mulheres e 87% dos homens) dirige à noite.

A distância não é empecilho para a maioria dos condutores: 100% dos homens e 87% das mulheres dirigem para qualquer lugar.
Todos os entrevistados nessa pesquisa se consideraram cuidadosos no trânsito. 
Apesar do maior tempo de reação, 97% dos participantes do estudo não se envolveram em qualquer tipo de acidente nos últimos cinco anos, nem tampouco foram multados no último ano

Artigos Recomendados:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...