quinta-feira, 7 de março de 2013

Termos utilizados na genética. Genótipo, Fenótipo e outros.

O que é genótipo? O que é fenótipo? O que é homozigoto, heterozigoto e hemizigoto? O que é dominante e recessivo? No estudo da genética, existem vários termos técnicos que são utilizados para padronizar determinados conceitos. Vejam alguns.

A Genética e seus termos.
by Roberto M.
O que é genótipo? O que é fenótipo? O que é homozigoto, heterozigoto e hemizigoto? O que é dominante e recessivo?
Sabemos da existência de fatores (genes) que são transmitidos de pais para filhos e que estes fatores estão localizados nos cromossomos.
Os genes são os responsáveis pela determinação das diferentes características dos organismos, tais como, altura, cor, etc.

No estudo da genética, existem vários termos técnicos que são utilizados para padronizar determinados conceitos. Vamos ver alguns dos principais:

1 – Alelo: 

Um alelo é cada uma das diferentes formas de um dado gene, ocupando uma posição num dado cromossomo.

2 – Genótipo: 

Composição genética de um caráter. Para um determinado caráter determinado pelos genes A e a, um indivíduo pode ter o genótipo AA, Aa, ou aa. O genótipo é formado com o indivíduo e não muda com a idade. Ele não é visível, sendo deduzido a partir de uma característica que ele determina ou pelo resultado dos cruzamentos.

3 – Fenótipo: 

Característica determinada pelo genótipo. Pode ser morfológico (de forma), como o homem alto e o homem baixo, ou fisiológico (de função), como a capacidade de sentir ou não o gosto de determinada substância. As cores dos olhos, por exemplo, são características fenotípicas. A manifestação do fenótipo, frequentemente depende da integração do genótipo com o ambiente. Características como altura e peso são determinadas por genes, mas dependem também da nutrição e da atividade física.

4 – Homozigoto: 

Indivíduos homozigotos ou homozigóticos  possuem os genes iguais para um determinado caráter (AA ou aa). 

5 – Heterozigoto: 

Heterozigotos ou heterozigóticos  são os indivíduos híbridos, que apresentam os genes complementares de um caráter (Aa).

6 – Hemizigoto: 

Com a descoberta dos cromossomos sexuais, observou-se que algumas características tinham sua distribuição determinada pelo sexo do portador. Para determinar a identificação sexual dos indivíduos, os cromossomos sexuais foram representados por letras: XX para a fêmea e XY para o macho. Na herança XX – XY, a fêmea é o sexo homogamético, porque só pode enviar um tipo de cromossomo sexual para seus descendentes. O macho é o sexo heterogamético, que forma espermatozoides X e Y e é responsável pela determinação do sexo dos filhos.

Existem genes que são exclusivos do cromossomo X, sem correspondente no Y. Esses genes constituem os casos de herança ligada ao sexo.
Nas características ligadas ao sexo, as fêmeas têm sempre dois genes. Os machos, por possuírem somente um cromossomo X, apresentam apenas um gene, e são denominados hemizigotos para esse gene.

7 – Dominante: 

Gene dominante é aquele que se manifesta em dose única. Isso quer dizer que uma única cópia deste gene (A) determina a característica expressa por ele, não importando se o genótipo é AA ou Aa. Por convenção, o gene dominante é sempre representado por uma letra maiúscula.

8 – Recessivo

O gene recessivo manifesta sua característica somente em dose dupla, isto é, aa. Também por convenção, ele é sempre representado por uma letra minúscula.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...