terça-feira, 30 de julho de 2013

Conheça as causas dos Soluços.

São várias as causas que podem culminar ocom o aparecimento do soluço, tanto nos soluços rápidos como nos soluços impertinentes. Vamos mostrar algumas dessas razões.

Causas dos soluços de curta ou longa duração.
by Roberto M.
Soluços ocorrem quando o diafragma (uma fina camada de músculo que separa a caixa torácica do abdome) se contrai repentinamente e involuntariamente.
Com essas contrações repentinas, a respiração fica muito rápida, a glote (abertura entre as cordas vocais que fica no topo da traqueia) se fecha imediatamente, a entrada de ar é interrompida e é produzido o som característico de um soluço.

As crises de soluço passam quando o diafragma equilibra suas funções e volta a “trabalhar” normalmente.
Existem vários motivos que levam o diafrágma a funcionar fora do padrão normal e, com isso, produzir as crises de soluços. Vamos descrever algumas dessas situações, tanto para os casos rápidos como para os casos de longa duração.

Esquema de como surgem os soluços.

SOLUÇOS BENIGNOS OU DE CURTA DURAÇÃO

A maioria dos casos de soluços ocorrem sem motivo aparente.
A maioria das pessoas já experimentou um breve ataque de soluços em algum momento de sua vida. Isso é perfeitamente normal e não há nada para se preocupar.

As causas mais comuns de soluços de curto prazo são:
- consumir grandes quantidades de álcool
- excesso de fumo
- estômago momentaneamente dilatado - geralmente como resultado de comer ou beber demasiadamente depressa
- mudança brusca na temperatura ambiente
- mudança brusca na temperatura dentro do estômago

Às vezes, os soluços de curto prazo também podem ocorrer como resultado de:
- choque
- estresse - a sensação de estar sob pressão
- excitação
Pessoas que têm crises de soluços benignos ou de curto prazo, geralmente, melhoram sem necessidade de tratamento.

SOLUÇOS DE LONGA DURAÇÃO OU PERSISTENTES

Soluços persistentes são raros.
Em alguns casos, os soluços intratáveis ou persistentes podem ser causados por alguma doença mais grave subjacente ou encoberta. Mais de 100 doenças têm sido relatadas como causas de soluços persistentes. Algumas são comuns, como o refluxo ácido, e outras são mais raras. Nestes casos, existem outros sintomas além dos soluços.

Entretanto, noutros casos, a origem da doença é idiopática, ou seja, a causa de soluços é obscura e desconhecida.
Várias condições podem causar soluços. No entanto, mesmo com estudos e pesquisas de eventuais causas subjacentes, o motivo pode, por vezes, não ser identificado.

Condições subjacentes possíveis, que podem causar soluços de longo prazo
- condições gastrointestinais - tais como a doença de refluxo gastresofágico, doença inflamatória do intestino, uma obstrução do intestino delgado, distensão (alongamento) do estômago, infecção da vesícula biliar ou infecção sob o diafragma
- doenças respiratórias - como asma, pneumonia ou pleurisia

- condições que afetam o sistema nervoso central - tais como, acidente vascular cerebral, um tumor que afete o cérebro, encefalite ou uma lesão cerebral traumática
- Condições que afetam o pescoço, tórax ou abdômen (barriga) - Por exemplo, a cirurgia, infecções (tais como a dor de garganta ou pneumonia), inchaços ou tumores nessas partes do corpo.

- doença que provoca irritação do nervo vago (que poderia interromper sinais nervosos no corpo) - como o bócio, faringite ou meningite
- uma reação psicológica - como choque, medo, tristeza, emoção, comportamento histérico, ansiedade ou stress
- condições que afetam o metabolismo - tais como, diabetes, hipoglicemia, hiperglicemia e falta de potássio ou cálcio no sangue

- Alguns problemas cardíacos - um ataque cardíaco ou inflamação ao redor do coração.
- Soluços, por vezes, ocorrem nos estágios finais de uma doença terminal, como quando uma pessoa está muito doente, com câncer avançado.

Medicamentos
Soluços persistentes podem, às vezes, ser causados por uma reação a certos tipos de medicação. Por exemplo:
- anestesia - medicação dada antes de uma operação cirúrgica ou procedimento que provoca uma perda de sensibilidade
- corticosteróides - medicação que reduz a inflamação (inchaço)

- benzodiazepinas - um tipo de sedativo, que ajuda a reduzir a ansiedade
- barbitúricos - um tipo de sedativo, por vezes, usado para prevenir convulsões (ataques)
- opióides - medicamento usado para tratar a dor (morfina e metadona são os opióides mais conhecidos e fortes)
- metildopa - medicamento usado para tratar a pressão arterial elevada (hipertensão)

POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES CAUSADAS PELOS SOLUÇOS

Crises curtas de soluços, geralmente, não causam quaisquer problemas ou complicações.
No entanto, os soluços persistentes podem se tornar cansativos e angustiantes.
Soluços persistentes e prolongados, por vezes, podem causar uma série de complicações, tais como cansaço, exaustão, insônia, depressão e perda de peso devida à dificuldade para comer.
Para as pessoas que fizeram cirurgia recente no abdômen, soluços persistentes podem atrapalhar a cicatrização e trazerem complicações com a ferida.
Além disso, eles podem causar sofrimento psicológico ou constrangimento.

Procure o seu médico ou outro profissional de saúde se você tem soluços persistentes que duram mais de 48 horas e não tem certeza da causa.
Leia mais informações sobre o tratamento de soluços no artigo “Como os soluços podem ser tratados
Leia, também, o artigo sobre como os soluços são diagnosticados e o artigo Soluços. Noções Gerais e Tipos.
Para isso, clique em cada um dos botões abaixo.

NOÇÕES TRATAMENTO DIAGNÓSTICO

Fonte: NHS CHOICES
          PATIENT.CO.UK

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...