segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Os diferentes tipos de demência. Quais as causas de cada tipo de doença mental.

As doenças mentais, conhecidas como demência, são causadas por vários tipos de patologias. A mais comum é o mal de Alzheimer mas, existem outras causas, como AVC, aterosclerose e esquizofrenia.

As causas dos diferentes tipos de demência. Alzheimer, vascular, frontotemporal, corpos de Lewy.
by Roberto M.
A demência é causada por doenças que acometem o cérebro.
Já vimos no artigo “O que é demência e como ela aparece” uma noção geral dessa síndrome.
Hoje vamos falar mais um pouco sobre as causas de cada um dos tipos de demência.
A maioria dos tipos de demência não tem cura, mas se for detectado precocemente existem maneiras que podem retardá-la e manter a função mental.

As causas mais comuns de demência são as chamadas doenças neurodegenerativas, e incluem:

- a doença de Alzheimer,
- a demência vascular,
- a demência frontotemporal,
- a demência com corpos de Lewy.

Com estas doenças, as células cerebrais degeneram e morrem mais rapidamente do que acontece no processo de envelhecimento normal. Isto leva a um declínio nas habilidades mentais de uma pessoa e, às vezes, na capacidade física também.
As mudanças graduais e danos às células cerebrais são causadas por acúmulo de proteínas anormais no cérebro.

Essas proteínas anormais são diferentes em cada tipo de demência neurodegenerativa.
Na maioria dos casos, a demência não é herdada geneticamente dos membros da família. No entanto, um pequeno número de casos de doença de Alzheimer e demência frontotemporal podem ter transmissão genética.
Mas, vamos às causas de cada uma dessas doenças:

Causas da doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência.
Na doença de Alzheimer, a perda de células do cérebro leva ao encolhimento do cérebro. O nome médico para isso é a atrofia.
Uma área do cérebro conhecida como o córtex cerebral é particularmente afetada pela atrofia.

O córtex cerebral é a camada de matéria cinzenta que cobre o cérebro. A matéria cinzenta é responsável pelo processamento dos pensamentos e muitas outras funções complexas de nosso cérebro, como o armazenamento e recuperação de memórias, cálculo, ortografia, planejamento e organização.
Tufos de proteínas, que chamaremos de “placas” e “emaranhados”, formam-se, progressivamente, no cérebro.
As placas e emaranhados são considerados responsáveis pelo aumento da perda de células cerebrais.

As células cerebrais perdem suas conexões e, consequentemente, haverá menos neurotransmissores disponíveis para levar mensagens de uma célula cerebral para outra. Também são afetados os produtos químicos que transmitem mensagens entre as células cerebrais.
Em um outro artigo falarei mais sobre a doença de Alzheimer.

Causas de demência vascular

A demência vascular é causada quando o suprimento de sangue do cérebro é interrompido.
Como todos os órgãos, o cérebro precisa de um fornecimento constante de oxigênio e nutrientes do sangue para funcionar corretamente.
Se o fornecimento de sangue é restrito ou interrompido, as células cerebrais começam a morrer, resultando em danos cerebrais.

Se os vasos sanguíneos dentro do cérebro se estreitam e se endurecem, o suprimento de sangue cerebral pode tornar-se gradualmente interrompido.
Os vasos sanguíneos, normalmente, se estreitam e tornam-se rígidos, quando os depósitos de gordura se acumulam em suas paredes, restringindo o fluxo de sangue.
Isso é chamado de aterosclerose, e é mais comum em pessoas que têm pressão arterial elevada, diabetes tipo 1 e naqueles que fumam.

A aterosclerose nos pequenos vasos sanguíneos do cérebro também levam ao entupimento progressivo, privando o cérebro de sangue.
Se o suprimento de sangue do cérebro for interrompido rapidamente durante um acidente vascular cerebral, isso também pode danificar as células cerebrais.
Nem todo mundo que teve um acidente vascular cerebral vai desenvolver demência vascular.

No entanto, se você já teve um acidente vascular cerebral ou foi diagnosticado com a aterosclerose dos pequenos vasos, você pode ter um risco aumentado de desenvolvimento de demência vascular.
Em um outro artigo falarei mais sobre a demência vascular.

Causas de demência com corpos de Lewy

Corpos de Lewy são pequenas protuberâncias circulares de proteína que se desenvolvem no interior das células cerebrais. Não se sabe o que as causa. É, também, incerto como elas danificam o cérebro e causam a demência.
Uma das teorias diz que os corpos de Lewy interferem nos efeitos de dois dos produtos químicos do cérebro, a dopamina e a acetilcolina.

Estes produtos químicos são os mensageiros que enviam informações de uma célula cerebral para outra, são chamados neurotransmissores.
A dopamina e acetilcolina desempenham um papel importante na regulação das funções cerebrais, como a memória, a aprendizagem, o humor e a atenção.
A demência com corpos de Lewy está intimamente relacionado com a doença de Parkinson.

Esta é uma condição em que parte do cérebro se torna cada vez mais danificado ao longo dos anos, o que leva a vários sintomas físicos, como agitação involuntária (tremores), rigidez muscular e lentidão de movimentos.
Uma pessoa acometida de demência com corpos de Lewy também pode desenvolver esses sintomas.
Em um outro artigo falarei mais sobre a demência com corpos de Lewy.

Causas da demência frontotemporal

A demência frontotemporal é causada por lesão e encolhimento em duas áreas do cérebro. As regiões do cérebro afetadas são chamadas lobo temporal e lobo frontal.
Este tipo de demência é um dos tipos mais comuns observados em pessoas com menos de 65 anos de idade.
Em cerca de 20% dos casos, as pessoas que desenvolvem demência frontotemporal herdaram uma mutação genética (um gene alterado) de seus pais.

A Doença do neurônio motor também é, por vezes, associada a demência frontotemporal.
É uma condição rara que, progressivamente, danifica o sistema nervoso, fazendo com que os músculos se definhem.
Em um outro artigo falarei mais sobre a demência frontotemporal.

Causas menos comuns de demência

Algumas causas, menos comuns, podem levar à demência ou a um quadro semelhante à demência que pode ser tratado de modo que leve à cura ou, na pior das hipóteses, que faça com que a doença não progrida, ou seja, não piore no decorrer do tempo.
Entre elas podemos incluir:

- Depressão
- infecções, tais como infecções do cérebro (encefalite) e infecções relacionadas com o HIV
- Alguns tumores cerebrais
- A falta de vitamina B na dieta
- A falta de hormônio da tireoide
- Traumatismo craniano
- Abuso de álcool a longo prazo

Causas mais raras de demência neurodegenerativa

Estas doenças, apesar de mais raras, constituem causas da demência neurodegenerativa:

- Doença de Huntington, uma doença genética rara que provoca danos cerebrais progressivos.
- paralisia supranuclear progressiva.
- degeneração córtico-basal.
- formas inusitadas de doença de Alzheimer, como atrofia cortical posterior que, geralmente, apresenta dificuldades visuais, em vez de problemas de memória.


Causas da Demência Precoce ou Esquizofrenia

Diferentemente das demências tradicionais descritas acima, que são doenças que, normalmente, aparecem na velhice, a esquizofrenia, também conhecida como demência precoce, aparece durante a adolescência ou início da idade adulta.

A demência neurodegenerativa surge como resultado de transtornos ao cérebro devido às doenças citadas acima.
Já a esquizofrenia é um transtorno psiquiátrico grave que os médicos costumam descrever como uma doença psicótica, ou seja, é uma doença onde uma pessoa pode não ser capaz de distinguir os seus próprios pensamentos e ideias da realidade.

A causa exata da esquizofrenia é desconhecida. No entanto, a maioria dos especialistas acreditam que é uma condição causada por combinação de fatores genéticos e ambientais. Acredita-se que alguns fatores facilitam o desenvolvimento da esquizofrenia enquanto certas situações podem desencadeá-la.
Em outros artigos, falarei, especificamente das causas da esquizofrenia.

No próximo artigo falarei, mais detalhadamente, sobre os sintomas da demência. Acompanhem.
Image: courtesy of [stockimages] at FreeDigitalPhotos.net
Fontes: 1) Alzheimer's Society
             2) Causes of dementia – NHS Choices

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...