quinta-feira, 7 de abril de 2011

Calendário de Vacinação do Adulto e do Idoso. Verifique e atualize sua Imunização.

É importante destacar que as vacinas não são necessárias apenas na infância. Os idosos precisam se proteger contra gripe, pneumonia e tétano. As mulheres em idade fértil devem tomar vacinas contra rubéola e tétano. Veja o CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO DO ADULTO E DO IDOSO.

Calendário de Vacinação do Adulto e do Idoso
by Roberto M.
As vacinas podem ser aplicadas por meio de injeção ou por via oral
Quando a pessoa é vacinada, seu corpo detecta a substância da vacina e produz uma defesa, os anticorpos.
Esses anticorpos permanecem no organismo e evitam que a doença ocorra no futuro. 
Isso se chama imunidade.

Além de serem vacinadas nas idades recomendadas pelo calendário do Ministério da Saúde (vacinação de rotina), as pessoas também devem receber as vacinas oferecidas nas campanhas de vacinação,ou seja, uma não exclui a outra.
É importante destacar que as vacinas não são necessárias apenas na infância. Os idosos precisam se proteger contra gripe, pneumonia e tétano. As mulheres em idade fértil devem tomar vacinas contra rubéola e tétano, pois se essas doenças ocorrerem durante a gravidez (rubéola) ou logo após o parto (tétano), podem causar doenças graves ou até a morte dos bebês.

Veja abaixo o CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO DO ADULTO E DO IDOSO, prescrito pelo Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI/MS), onde é elencado o conjunto de vacinas consideradas de interesse priortário à saúde pública do país.

Essas vacinas são administradas gratuitamente nos postos de saúde da rede pública.

Várias outras vacinas que, infelizmente, não são consideradas prioritárias, não são distribuidas pelo poder público e têm que ser pagas nas clínicas particulares.

IDADE
VACINA
DOSE
DOENÇA
Entre 20 e59 anos
Hepatite B (Grupos Vulneráveis)
1ª Dose
Hepatite B
Entre 20 e 59 anos
Hepatite B (Grupos Vulneráveis)
2ª Dose (30 dias após a 1ª dose)
Hepatite B
Entre 20 e 59 anos
Hepatite B (Grupos Vulneráveis)
3ª Dose ( 180 dias após a 1ª dose)
Hepatite B
Entre 20 e 59 anos
Dupla tipo adulto (dT)
1 dose a cada 10 anos
Difteria e Tétano
Entre 20 e 59anos
Febre Amarela
1 dose a cada 10 anos
Febre Amarela
Entre 20 e 59 anos
Tríplice Viral (SCR)
Dose Única
Sarampo, Caxumba e Rubéola
Acima de 60 Anos
Hepatite B (Grupos Vulneráveis)
1ª Dose
Hepatite B
Acima de 60 Anos
Hepatite B (Grupos Vulneráveis)
2ª Dose (30 dias após a 1ª dose)
Hepatite B
Acima de 60 Anos
Hepatite B (Grupos Vulneráveis)
3ª Dose ( 180 dias após a 1ª dose)
Hepatite B
Acima de 60 Anos
Febre Amarela
1 dose a cada 10 anos
Febre Amarela
Acima de 60 Anos
Dupla tipo adulto (dT)
1 dose a cada 10 anos
Difteria e Tétano
Acima de 60 Anos
Pneumocócica 23- valente (Pn23)
Dose Única
Infecções causadas pelo Pneumococo
Acima de 60 Anos
Influenza Sazonal
Dose Anual
Gripe

Fonte: Ministério da Saúde.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...