sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

A Pele humana, sistema tegumentar. Características e funções.

A pele é considerada o maior e o mais pesado órgão do corpo humano. Também chamada de tegumento cutâneo, cútis ou tez exerce várias funções importantes. Formada pela epiderme e a derme, juntamente com os anexos cutâneos, forma o sistema tegumentar.

Corte esquemático da pele humana
by Roberto M.
A pele é o maior órgão do corpo humano, atingindo 16% do peso corporal. Conhecida também como cútis ou tez, recobre toda a superfície do corpo e apresenta-se constituída por uma porção epitelial de origem ectodérmica (a epiderme) e uma porção conjuntiva de origem mesodérmica (a derme). Existe a Hipoderme, que, embora tenha a mesma origem e morfologia da derme, não faz parte da pele, apenas lhe serve de suporte e união com os órgãos subjacentes.

Para entender melhor o que é a pele, vamos fazer uma breve exposição das características da pele, suas funções e estruturas.

FUNÇÕES DA PELE

A pele, também chamada tegumento cutâneo, exerce várias funções:
- Sendo elástica, pilosa e autorregenerativa, constitui uma barreira eficaz contra ferimentos e infecções;
- Sendo impermeável, previne perdas líquidas essenciais ao corpo, exceto perdas necessárias através da perspiração;
- Sendo irrigada por vasos sanguíneos, participa da regulação da temperatura corporal;
- Sendo dotada de receptores sensoriais, mantém o sistema nervoso em contato com o meio ambiente;
- Um pigmento produzido e acumulado na epiderme, a melanina, tem função protetora contra os raios ultravioleta.

CAMADAS DA PELE

A pele é constituída por duas camadas distintas: Epiderme e Derme.
A camada mais externa, a epiderme, não é vascularizada, enquanto a derme ou cório ou pele verdadeira, é ricamente vascularizada. É na derme que estão as estruturas acessórias: Nervos, glândulas, receptores sensoriais, além dos vasos sanguíneos que nutrem a epiderme.

Corte esquemático da pele e o sistema tegumentar


EPIDERME

A epiderme se compõe de cinco camadas, do exterior para o interior:
- Camada córnea: consta de células que descamam continuamente;
- Camada lúcida ou hialina (característica da palma das mãos e planta dos pés): possui células achatadas e transparentes;
- Camada granulosa: é considerada com atividade queratinizante, processo no qual as células tornam-se mais compactas e quebradiças;
- Camada espinhosa;
- Camada germinativa ou basal (mais interna, em contato com a derme através das papilas dérmicas).

A Camada espinhosa é considerada parte da germinativa, a qual contém células epidérmicas capazes de divisão celular por mitose.
O limite entre a epiderme e a derme (junção dermo-epidérmica) não é regular, mas caracteriza-se pela presença de saliências e reentrâncias das duas camadas, chamadas papilas dérmicas.
O ciclo celular da epiderme ocorre a cada 28 dias, aproximadamente, ou seja, a cada 28 dias ocorre uma renovação das células epidérmicas, por isso descamam.

A epiderme dá origem aos anexos cutâneos: unhas, pêlos, glândulas sudoríparas e glândulas sebáceas.
A abertura dos folículos pilossebáceos (pêlo + glândula sebácea) e das glândulas sudoríparas na pele formam os orifícios conhecidos como poros.

DERME

A derme, camada localizada entre a epiderme e a hipoderme, é responsável pela resistência e elasticidade da pele.

Ela é subdividida em duas camadas, do exterior para o interior:
- camada papilar, formada por tecido conjuntivo frouxo, está em contato com a epiderme;
- camada reticular, constituída por tecido conjuntivo denso não modelado, onde predominam as fibras colagenosas.

A derme é constituída por tecido conjuntivo (fibras colágenas e elásticas envoltas por substância fundamental), vasos sanguíneos e linfáticos, nervos e terminações nervosas.
Os folículos pilossebáceos e glândulas sudoríparas, originadas na epiderme, também se localizam na derme.

HIPODERME

A hipoderme, já não faz parte da pele.
A chamada camada subcutânea é constituída por um tecido conjuntivo frouxo ou adiposo que protege contra o frio e faz a conexão entre a derme e a fáscia muscular (uma lâmina ou faixa larga de tecido conjuntivo fibroso, que, abaixo da pele, circunda os músculos e outros órgãos do corpo).

A camada de tecido adiposo é variável de pessoa para pessoa e funciona como reservatório energético, isolante térmico e modelador da superfície corporal, além de atuar na fixação dos órgãos e na absorção de choques.

SISTEMA TEGUMENTAR

A pele e seus anexos (unhas, pêlos e glândulas) fazem parte do sistema tegumentar.

Bibliografia: 1) Culclausure, David F. -  Textos Programados de Anatomia e fisiologia – A Pele – Editora Edgard Blücher Ltda.
                     2) Junqueira e Carneiro - Histologia básica – 3a ed. - Editora Guanabara Koogan.
Imagem: cortesia de Scottchan em FreeDigitalPhotos.net


Artigos Recomendados:

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá Silvia,
      A pele, é composta por duas camadas: a epiderme (mais externa) e a derme (mais interna). A epiderme, por sua vez, é formada por cinco camadas.
      A camada lúcida ou hialina é uma das cinco camadas da epiderme (a segunda do exterior para o inteior)
      Ela é constituída por uma fina camada de células achatadas e transparentes, cujos núcleos celulares apresentam sinais de degeneração e existem poucas organelas citoplasmáticas.
      Estas células estão parcialmente preenchidas por queratina e sobre elas existe uma cobertura glicolipídica que, juntamente com a queratina, torna a membrana plasmática impermeável a fluidos.
      Nem todas as regiões do corpo possuem esta camada que existe mais comumente nas regiões palmoplantares, ou seja, na palma das mãos e na planta dos pés.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...