terça-feira, 26 de abril de 2011

Fibromialgia ainda não tem cura. O melhor remédio é a Atividade Física.

Fibromialgia, uma síndrome que provoca dores
by Telma M.
Fibromialgia é uma síndrome que se caracteriza por provocar dores, indisposição, fadiga, mal estar e distúrbios do sono. 
Mesmo sem nenhuma lesão aparente as dores são constantes, principalmente nos ombros, pescoço, costas, braços, quadris e pernas.
Há outros sintomas que parecem estar relacionados à doença, são cólicas menstruais, falta de flexibilidade pela manhã,
dores de cabeça, formigamentos nas mãos e pés, dificuldades de memória e raciocínio. As pessoas com esse mal, normalmente, reclamam que ao acordar pela manhã, parece que um trator as atropelou”.

A fibromialgia é de difícil diagnóstico já que a enorme diversidade de sintomas pode confundi-la com outras doenças físicas ou psicológicas.
Isso, aliado à falta de um medicamento específico, pode resultar em uso de remédios nem sempre adequados. Usam-se antiinflamatórios, analgésicos, relaxantes musculares e até antidepressivos.
Todos os medicamentos servem apenas para amenizar os sintomas.

A base de seu tratamento são os exercícios físicos: “A melhor forma de evitar as dores da fibromialgia, além de melhorar os distúrbios do sono, é a prevenção através de atividades físicas” - sugere o reumatologista Eduardo Paiva do Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná.

A endorfina (analgésico fabricado pelo nosso próprio corpo) e a somatostatina (substância que promove o desenvolvimento muscular) são responsáveis pela sensação de bem estar gerado pelos exercícios físicos. Nosso corpo libera essas substâncias durante a atividade física provocando relaxamento da musculatura e aliviando os sintomas da doença.

A orientação dos especialistas é para que os exercícios continuem, mesmo com dor, pois assim as dores diminuirão gradualmente.
A única certeza que se tem em relação à fibromialgia é que ela não está ligada a lesões, mas sim a distúrbios neuromusculares.

A sensação de músculos fracos, que é um dos sintomas da fibromialgia, é explicada pelo fato de que a dor acaba induzindo a pessoa a fugir dos exercícios físicos, o que gera mais dor, já que nossos músculos existem para se movimentar e o sedentarismo provoca dores musculares.

No Brasil, a fibromialgia atinge cerca de 3% da população. A maior incidência está entre as mulheres entre 30 a 50 anos com vida atribulada e sem tempo para a prática de exercícios físicos.

Nunca é demais lembrar:

- É imprescindível que se faça um check-up clínico, seja qual for a idade da pessoa, antes de começar a fazer atividades físicas. O médico indicará os exames necessários para cada idade.
- Fazer alongamentos para obter equilíbrio, coordenação motora e alívio das dores.
- Fazer exercícios de resistência para melhorar o coração, controlar o peso e fortalecer a musculatura.
- Fazer relaxamento após os exercícios para desacelerar.
- Adotar hábitos de vida saudáveis para melhorar a qualidade de vida e reduzir o estresse.

A fibromialgia não combina com exercícios de alto impacto, por isso é indicado que se faça exercícios aeróbicos e os de baixo impacto, de forma regular e progressiva, de preferência com acompanhamento profissional.

A fibromialgia é uma doença reumática e deve ser cuidada. Quem sentir as dores e os sintomas parecidos com os descritos acima, e que persistam por mais de três meses, deve procurar um médico para obter as orientações necessárias.
Bibliografia: Revista Curves Ano 2 – número 5/2011
 
Artigos Recomendados:

3 comentários:

  1. Minha vó e minha mãe sofrem dessa doença, e eu vejo o quanto isso atrapalha e dói na vida delas, morro de medo de isso ser hereditário, apesar de ainda não se saber se é ou não, acho muita coincidência as duas terem. Além do mais, eu já tenho Exaqueca e muito forte, não sei como seria minha vida com essas duas doenças.

    Valeu pelas dicas, já mostrei até para minha mãe rs ótimo post!

    Beijos
    Sté

    ResponderExcluir
  2. Tenho fibromialgia a mais de 4 anos, a poucos dias tive o diagnostico de febre reumática, estou tomando os medicamentos: celebra 200 mg. e gabaneurin 300mg, mas continuo com muitas dores, principalmente no pescoço, continuo trabalhando e não estou aguentando mais, pois sou caixa e digito o dia todo, me dá uma luz, por favor!

    ResponderExcluir
  3. Pense na possibilidade de fazer hidroterapia, que é diferente de hidroginástica. A hidroterapia é realizada numa piscina com água aquecida. Os exercícios são diferentes da hidroginástica e seus efeitos são sentidos em poucas semanas. Melhorei bastante!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...